Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Anders Bateva

Nonfiction Litblog. Fichamentos / clippings / recortes de não-ficção. Prospecções literárias em: Ciências Sociais; Informática; e Ciências Ambientais.

Anders Bateva

Nonfiction Litblog. Fichamentos / clippings / recortes de não-ficção. Prospecções literárias em: Ciências Sociais; Informática; e Ciências Ambientais.

Drogas mais usadas no mundo: total de usuários e risco de dependência / Superinteressante

Donde se demonstra que a criminalização de uma droga não se baseia no risco de dependência (perigo à saúde).

Total de usuários

Tarso Araujo. Superinteressante, edição especial "A Revolução da Maconha: o mundo começou a ver a planta de outro jeito. Entenda por quê.", 2014. Artigo "Nos Quatro Cantos: apesar de proibida há mais de 50 anos, a Maconha é produzida e consumida em quase todo o mundo"
Total de usuários de cada droga ilícita no mundo (em milhões)
Maconha 180
Anfetaminas 34
Opioides* 32
Ecstasy 19
Cocaína e Crack 17
Opiáceos* 16
Tabela 1.

* Opiáceos são o ópio e seus derivados naturais (morfina e Heroína). Opioides também incluem medicamentos sintéticos que imitam a ação dos opiáceos.

Risco de dependência

Carol Castro. Superinteressante, edição especial "A Revolução da Maconha: o mundo começou a ver a planta de outro jeito. Entenda por quê.", 2014. Artigo "Mitologia Canábica: nem tudo que se diz por aí sobre os males da Maconha para a saúde é verdade. Saiba o que diz a ciência sobre algumas das afirmações mais comuns - e falsas - sobre a erva".
Risco de dependência de algumas drogas lícitas e ilícitas
Maconha 9%
Anfetaminas 11%
Álcool 15%
Cocaína 17%
Heroína 23%
Nicotina 32%
Tabela 2.

Objectar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Nuvem de tags (todas as etiquetas)

Arquivo anual

  1. 2021 ...
  2. 2020 (32)
  3. 2019 (15)
  4. 2018 (16)
  5. 2017 (08)
  6. 2016 (02)
  7. 2015 (02)
2012-2014: posts não mantiveram-se

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds